Bebê pode comer a mesma comida da família já na introdução alimentar

0
Compartilhe!
Bebê comendo manga na introdução alimentar (Foto: arquivo pessoal)

Bebê comendo manga na introdução alimentar (Foto: arquivo pessoal)

A introdução alimentar, que deve ser feita somente após o sexto mês de vida, não precisa ser iniciada com as papinhas ou frutinhas raspadas ou amassadas. O bebê pode desde cedo começar a comer a mesma comida da família oferecendo sempre opções saudáveis como frutas, verduras e legumes.

A pediatra Vania Gato, da Lumos, explica que o primeiro passo na introdução alimentar é ver se a criança com mais de seis meses está pronta para comer, ou seja, se ela dá sinais de estar interessada pela comida que vê a mãe, o pai ou o irmãozinho comer. Ela diz que o BLW (Baby Led Weaning), método onde o bebê come sozinho, é uma boa alternativa pois introduz os alimentos da maneira mais real onde a criança come o que quer.

LEIA MAIS: Seu bebê não come bem? Deixe ele comer sozinho

“No BLW você vai adaptar a refeição da família e o bebê vai acompanhar os pais mostrando interesse pelo que eles comem”, comenta. Ela diz que o bebê não deve fazer as refeições antes do restante da família. “Não é para comer sozinho.  É importante essa  interação com a comida e ele  se interessar para o que os pais estão comendo e pelo que  está na mesa. O melhor é torna r a comida única para que todos possam comer”, diz.

O bebê também não precisa começar a introdução alimentar primeiro com a frutinha para depois ser introduzido o almoço e o jantar. Os sucos são dispensáveis e não devem ser oferecidos antes do bebê completar um ano de vida. Saiba mais sobre o suco clicando aqui. “Os pais devem ir sentindo a aceitação do bebê. Primeiro dá uma fruta de manhã, depois uma ou duas opções de legume no almoço  e faz o mesmo no jantar. O ideal é colocar duas opções por vez pois se coloca muita variedade o bebê rejeita.

LEIA MAIS: Introdução alimentar deve ser feita somente após o sexto mês

Outra dica,explica a pediatra, é não deixar eletrônicos ligados na hora da refeição. “Nunca deixar TV, celular, brinquedo perto. A hora  de comer a comida é a principal atração”, ressalta. Vania comenta que os pais não devem ficar convencendo a criança a comer, nem forçar e tampouco fazer o famoso ‘aviãozinho’. O ideal é deixar o bebê comer o que ele tem vontade pois até um ano de vida o leite materno segue como o principal alimento para o bebê. Confira no vídeo a seguir como servir os alimentos no BLW:

Deixe aqui o seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.