Bebê que está bem não precisa ser acordado para mamar

5
Bebê que ganha peso não precisa ser acordado para mamar (Foto: Gabi Trevisan)

Bebê que ganha peso não precisa ser acordado para mamar (Foto: Gabi Trevisan)

Tudo o que uma mãe de um recém-nascido mais quer na vida é dormir.  Mas, normalmente se o bebê ‘engata’ umas horinhas de sono a mãe é orientada a acordar o bebê para que não ultrapasse um determinado número de horas dormindo. Agora imagine que você está dormindo e alguém te acorda enfiando uma feijoada na sua boca. Seria legal?

O mesmo vale para o bebê. Se ele está dormindo, não está com fome e não há motivo para acordar o recém-nascido se ele está mamando bem e ganhando peso. A pediatra Marisa da Matta Aprile explica que somente o bebê que está com baixo ganho de peso que não pode ultrapassar seis horas sem mamar. “Acordar a criança quebra o sono dela onde são liberados importantes hormônios para o crescimento. Tem que deixar a criança descansar também”, explica a médica. Ela diz que as mães devem aproveitar para dormir sem peso na consciência.

LEIA MAIS: Para amamentação dar certo, não cronometre as mamadas

Marisa explica que ao ser acordado o bebê nem sempre vai mamar e que ao despertar, ficará choroso, vai demorar mais para dormir gerando um cansaço desnecessário para os pais.

Segundo ela, muitos médicos orientam as mães a acordar o bebê para mamar de três em três horas por falta de informação. “A grande maioria não conhece o leite materno e a proteção que ele dá. Acham que o bebê vai ter hipoglicemia [baixo nível de glicose no sangue] e ficam com receio dele dormir tanto”, diz Marisa, que coordena o banco de leite do Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André (ABC).  Ela ressalta que a amamentação exclusiva e em livre demanda (sempre que o bebê quer) são ótimas maneiras de combater a hipoglicemia.

A pediatra diz que também não é recomendado dar mamadeira na expectativa que o bebê durma mais – seja com leite de fórmula ou dando o leite materno para que a mãe possa descansar. “Dar mamadeira é um desastre pois dá o leite, seja o leite materno ou de fórmula, em um bico diferente e isso é um crime para o aleitamento”, diz a especialista.

LEIA MAIS: Mamadeira ‘milagrosa’ antes de dormir só serve para prejudicar a amamentação

Compartilhe!

5 Comentários

  1. Afirmação perigosa demais. Meu filho quase morreu porque o pediatra me mandou não incomodar ele quando estivesse dormindo. Resultado, baixa glicêmica e bebê gelado sem reação na porta do pronto atendimento. E meu filho não tinha baixo peso. Cada caso é e generalizar as coisas assim pode ser muito perigoso.
    Sinceramente, esse tipo de afirmação é um verdadeiro desserviço, a individualidade de cada caso deve ser respeitada. Antes pecar pelo excesso do que pela falta.

    • Concordo plenamente! Cada caso é um caso! O meu bebê era acordado de 3 em 3horas para mamar e, apesar do sono e do cansaço, não me arrependo em nenhum momento. Hoje ele tem 5 meses e meio, dorme a noite todo é super saudável e risonho!
      Procurem sempre um pediatra de confiança e o mais importante de tudo, conheça o seu bebe!

  2. Essa afirmação acerca da mamadeira tb é, no mínimo, generalista e tendenciosa, pois não é smp q uma mãe consegue a plenitude da amamentação e precisa ofertar a fórmula na mamadeira. Nem por isso é criminosa.

  3. Ótimo texto! Nele, diz-se em não acordar o recém nascido qdo há GANHO de peso adequado e que MAMADEIRA prejudica a amamentação. Peso adequado não quer dizer q está engordando conforme a necessidade e formula com certeza salva vidas, é só oferecer em copos para não haver confusão de bicos, se necessário. O texto está dizendo sobre dar fórmula para a criança dormir mais, o que é um palpite muito comum.

Deixe aqui o seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.