Confira as taxas de cesáreas das principais maternidades de SP

1

Cesárea é a principal via de nascimento dos bebês no Brasil (Foto: Lela Beltrão)

Entra ano e saí ano e as estatísticas pouco mudam. O número de cesáreas ocorridas na capital em maternidades particulares chegam a taxas próximas a 90%. Um levantamento da prefeitura que o Mães de Peito teve acesso, mostra que as maternidades Santa Joana e Pró-Matre são as unidades onde nascem a maioria dos bebês em São Paulo. No ano passado, foram 14.469 e 11.046 nascimentos, respectivamente, nas duas unidades.

Enquanto 89,1% dos nascimentos no Santa Joana foram por meio da cirurgia, na Pró-Matre o índice foi de 86,5%. A Pró-Matre inaugurou recentemente um centro de parto normal com quatro novas salas equipadas com banheira, banqueta, cromoterapia, etc., mas os dados mostram que o número de nascimentos ainda é maior no centro cirúrgico.

De acordo com dados do Sinasc (Sistema de Informações de Nascidos Vivos) referente a 2018, em toda a capital nasceram no ano passado 185.010 bebês sendo que a taxa de cesárea total foi de 53,9%.  O levantamento mostra, no entanto, que 81,1% dos nascimentos na rede particular/convênio acontece por meio da cirurgia já que a maioria dos partos normais acontecem na rede pública (SUS), casas de parto e partos domiciliares.

Na rede pública, foram 34% de cesáreas o que faz baixar o total de % de cesáreas na cidade. Vale ressaltar que a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que apenas 15% dos nascimentos sejam feitos por meio da cirurgia.

Nas outras maternidades particulares que lideram os nascimentos – seja por meio do convênio ou pela rede particular – também tem poucos atendimentos de partos vaginais. No São Luiz (unidade Itaim) foram 8.205 nascimentos sendo que quase 74% foram cesáreas. Já no Albert Einstein e no Sepaco as taxas de cesárea foram de 71,2% e 75,7%, respectivamente.

MATERNIDADES PÚBLICAS

O levantamento mostra ainda que o Hospital Vila Nova Cachoeirinha, que teve 6.707 partos em 2018,  sendo 32,5% de cesáreas enquanto o  Amparo Maternal teve  25,7% de cesáreas. Já no hospital Leonor Mendes de Barros 44,3% nos nascimentos foram feitos por meio da cirurgia.  As casas de parto tiveram, ao todo, 500 partos no ano de 2018 sendo que a maioria deles (349) foram na Casa Angela, localizada na zona sul de São Paulo

Compartilhe!

1 comentário

  1. Parabéns pela excelente matéria! E a forma esclarecedora com que você transmite a informação.
    Gostaria de saber se você poderia me informar sobre os indíces da Maternidade São Luiz do Anália Franco?
    Pois estou gestante e pretendo ter meu bebê lá com uma doula para ter um melhor amparo, mas saber essa informação seria importante também.
    Desde já agradeço a atenção!

Deixe aqui o seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.