Deixe o vérnix do bebê ser absorvido; banho no recém-nascido pode esperar

0
Compartilhe!
Vérnix não precisa ser removido do bebê e, por isso, banho deve ser adiado (Foto: Coletivo Buriti por Bia Takata)

Vérnix não deve ser removido do bebê e, por isso, banho deve ser adiado (Foto: Coletivo Buriti por Bia Takata)

O bebê nasce e logo vai para o berçário onde toma o primeiro banho que é acompanhado pelo vidro pelo pai e familiares que fotografam e filmam empolgadamente. A cena é comum em todas as maternidades particulares do país, mas o bebê realmente precisa do banho nas primeiras horas de vida?

Pediatras humanizados explicam que não há necessidade de dar banho, como a maioria das maternidades faz. A gordura que o bebê tem na pele quando nasce é a melhor proteção nas primeiras 24 horas. O sabonete também não precisa ser usado, ou seja, o banho deve ser feito apenas com água morna.

O primeiro banho pode – e deve –  ser dado no quarto junto com a mãe. Uma ótima opção é optar pelo banho de balde com o bebê enrolado em panos e dentro do balde. Desta maneira, como já foi mostrado no canal do Mães de Peito (veja vídeo abaixo), o bebê fica tranquilo e chega até a dormir no banho. Já nos banhos tradicionais ocorridos nos berçários, a cena geralmente é da criança chorando por estar naquele ambiente estranho e longe da mãe.

De acordo com informações da Sociedade Brasileira de Pediatria, não é preciso dar banho imediatamente após o nascimento e o vérnix caseoso (a camada de gordura que recobre a pele do recém-nascido) não deve ser removido. A remoção do vérnix que não foi reabsorvido pelo organismo deve ser feita  somente 24 horas após o nascimento.

Detalhe dos pezinhos com vérnix (Foto: Coletivo Buriti por Bia Takata)

Detalhe dos pezinhos com vérnix (Foto: Coletivo Buriti por Bia Takata)

O grande problema é que a maioria das maternidades brasileiras não segue essas recomendações, então, quem pode pagar contrata um pediatra particular para acompanhar o parto e o bebê até a sua alta médica fugindo assim de pelo menos parte dos protocolos rotineiros das unidades de saúde.

LEIA MAIS: Quais são os procedimentos dispensáveis logo após o nascimento do bebê

O QUE É O VÉRNIX CASEOSO?

O vérnix caseoso é uma substância branca e gordurosa que recobre a pele do recém-nascido logo quando ele nasce. Alguns bebês nascem com uma camada espessa de vérnix e outros nem tanto.

A pediatra Vania Gato, da Lumos, explica que o vérnix é produzido até a 38ª semana de gestação e protege o bebê tanto no ambiente intra quanto extra-uterino. “O vérnix é absorvido naturalmente nas primeiras 12 horas de vida do bebê, seja pelo atrito com as roupas ou pelo próprio ressecamento. Tem como função manter a impermeabilidade da pele, protegendo contra micro-organismos do líquido amniótico ou no ambiente externo. Também tem função hidratante, termorreguladora e antibactericida”, explica.

A orientação, explica a neonatologista, é apenas secar o bebê para evitar a hipotermia, sempre preservando o vérnix. “O vérnix em locais como axilas e dobras pode não ser reabsorvido e deve ser removido no máximo após 24 horas de vida do bebê, pelo risco de lesões de pele pela umidade. Também deve ser removido logo após o nascimento em casos de infecções perinatais”, orienta.

Deixe aqui o seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.