Encontros gratuitos ajudam mães a empreender e trabalhar perto dos filhos

0
Palestras ajudam mães a empreender (Foto: Mayara Neves)

Palestras ajudam mães a empreender (Foto: Mayara Neves)

Quem começa a empreender encontra várias dificuldades no caminho, desde como abrir uma MEI (Microempreendedor Individual) até como divulgar melhor seu negócio e conquistar a clientela.

Um grupo na internet chamado Maternativa tem conseguido dar dicas e ajudar centenas de mães empreendedoras que querem estar mais perto dos filhos sem deixar de trabalhar. As participantes – atualmente são mais de 5.000 – trocam serviços e dicas entre elas.

O site Mães de Peito já mostrou que as criadoras do Maternativa, Camila Conti e Ana Laura Castro, também fizeram um site para reunir e divulgar o trabalho dessas empreendedoras, mas elas ainda promovem encontros presenciais em São Paulo e que são transmitidos pela internet promovendo um alcance ainda maior entre as empreendedoras.

Todos esses encontros, que recebem o nome de cafeínas ou encontros pulsantes, são gratuitos e há sempre um palestrante que está lá para ajudar as outras passando os seus conhecimentos seja como ensinar a usar as mídias sociais para alavancar as suas vendas até como fazer home-office e dar conta dos filhos e da casa.

Camila explica que nos últimos seis meses fizeram tudo contando com a colaboração de parceiros, mas que agora pretendem  formalizar o Maternativa como um negócio social remunerando os locais onde ocorrem os encontros e também os palestrantes. Ao todo, já foram feitos 21 encontros com 277 mulheres impactadas diretamente e outras  582 indiretamente.

O grupo é formado tanto por mulheres que já são empreendedoras há anos até aquelas que acabaram de perder o emprego ou que decidiram não voltar para ele após o fim da licença-maternidade. Enfim, o perfil das empreendedoras é amplo, mas todas têm algo em comum: são mães que querem ter mais tempo com os filhos.

Os encontros do Maternativa são todos baby-friendly, ou seja, é possível levar a criançada junto. Para que possa continuar promovendo esses eventos gratuitamente, as empreendedoras fizeram um financiamento coletivo com várias contrapartidas interessantes para quem participar, entre elas, pôster, atividade recreativa com as crianças, sling, entre outros.

“O objetivo do financiamento coletivo é sustentar mais seis meses de projeto onde pretendemos investir o dinheiro na remuneração das profissionais envolvidas na rede, na ampliação da estrutura dos encontros e na qualificação das transmissões online e do site”, explica Camila. Veja como ajudar clicando aqui.

O site já conta com 685 empresas cadastradas nas mais diferentes áreas, como serviços para festas, artesãs, costureiras, fotógrafas, doulas, entre outras profissionais. O canal permite que qualquer mulher faça o cadastro e as administradoras do site são responsáveis em aprovar as postagens. O principal pré-requisito para estar no portal é ser mãe. Camila comenta que o lugar é uma oportunidade das mães fazerem buscas e adquirirem e serviços e produtos de outras mães. Conheça o site do Maternativa e faça parte da rede.

Compartilhe!

Deixe aqui o seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.