Picolé de leite materno ajuda a aliviar o calor e incômodos da dentição

0
Bebê chupa picolé de leite materno para aliviar o calor (Foto: arquivo pessoal)

Bebê chupa picolé de leite materno para aliviar o calor (Foto: arquivo pessoal)

Nos dias mais quentes os pais podem oferecer aos bebês uma opção refrescante e saudável: o picolé de leite materno.

A fonoaudióloga e consultora de amamentação, Kely de Carvalho Torres, explica que fazer o sorvete é muito simples, mas que é preciso ter bastante cuidado com a higiene, ou seja, ter os mesmos cuidados que tem ao fazer a ordenha. “O tetolé ou peitolé é muito usado no verão. A mãe deve prender o cabelo, evitar ficar falando enquanto faz a ordenha, principalmente, se optar pela ordenha manual e congelar o leite nas forminhas de picolé logo após a retirada”, explica.

LEIA MAIS: Saiba como fazer a ordenha com cuidado e higiene

A especialista também orienta que é preciso higienizar bem o recipiente que vai receber o leite materno. “Depois, basta oferecer para o bebê, mas sempre com a supervisão de um adulto”, orienta. Ela diz que a recomendação é dar para o bebê por volta do quinto ou sexto mês pois, por conta da baixa temperatura do sorvete, pode lesionar a mucosa da boca de bebês menores.

Além de aliviar do calor, o sorvete de leite materno também é um grande aliado para aliviar as dores por conta da dentição. “O geladinho alivia esse incômodo que os bebês sentem com o crescimento dos dentes”, comenta.

A fotógrafa Gabriela Trevisan deu para o filho quando ele tinha quatro meses para tentar aliviar o calor. O filho Gustavo nem amou nem reprovou, conta ela. Como tinha muito leite, ela conta que amamentava o filho em um peito e deixava a forminha do sorvete embaixo do outro seio. “Saía muito jato do peito direito enquanto ele mamava no esquerdo”, conta Gabriela, que também fazia ordenha manual para encher as forminhas para o filho.

Compartilhe!

Deixe aqui o seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.