Programa de TV gera polêmica ao ensinar deixar bebê chorando no berço

13

Mãe coloca os filhos para dormir (Foto: Coletivo Buriti por Bia Takata)

O programa Bons Sonhos, recém-lançado pelo canal GNT, tem colocado uma consultora em sono para criar rotinas em bebês e crianças que não dormem a noite inteira. Uma das principais táticas é deixar o bebê chorando no berço sozinho até que adormeça, o que não é recomendado por pediatras humanizados já que nessa fase os bebês vivem a chamada angústia da separação e precisam de colo e, é claro, do peito da mãe.

LEIA MAIS: O que é a angústia da separação

Em um dos programas, a especialista do sono  Marcia Horbacio diz para a família que há técnicas para  “ensinar” o bebê a dormir. “Dormir é uma habilidade que se aprende. Problemas do sono são comportamentais, comportamento com a gente muda”, diz a apresentadora. Uma das técnicas, que ela apresenta como mais eficaz por trazer resultados mais rápidos é chamada de “chororô do bem”. Nesse método os pais deixam a criança chorar e voltar no quarto a cada 3 minutos, sem pegar a criança no colo. Os pais são orientados a não falar nem tocar na criança que, cansada, acaba dormindo após um longo tempo de choro.

A pediatra Fernanda Marques Fernades Lima, da Mamaoca, diz que os pais não devem deixar seu bebê chorar em outro quarto e não atendê-lo, principalmente antes de completar um ano de vida. “O choro é a única forma de comunicação dos bebês. Quando choram estão expressando alguma necessidade física, emocional ou estão vivendo um pico de crescimento ou desenvolvimento que acredito que ocorra uma espécie de curto circuito e a criança precise de atenção, cuidado e, com isso, mais mamadas”, relata a médica.

Ela ressalta que há algumas pesquisas que mostram que ao atender o bebê prontamente ocorre uma redução do choro a longo prazo. “As mães que acolhiam seus filhos rapidamente, após um período, os bebês passavam a chorar por um tempo menor”, conta. Os pais que estão cansados podem optar em procurar uma consultora de sono, mas há especialistas que não usam a técnica do chamado choro controlado, conforme já mostramos no Mães de Peito. Leia mais sobre a consultoria do sono clicando aqui.

A pediatra ressalta que os bebês que são  submetidos a treinamento de sono provavelmente deixam de chorar pois desistem ao não ter o seu choro acolhido e não porque a técnica funciona. Ela diz que as mães muitas vezes estão cansadas e exaustas com as madrugadas em claro. “Sempre questiono a rede de apoio dessa mãe,  se o pai está participando ou não. A criança não precisa obrigatoriamente ser acolhida pela mãe, não precisa mamar em todas as vezes de madrugada”, ressalta.

Fernanda comenta que o problema não é a criança chorar, mas não ser atendida. “Se chorar os pais devem acolher, mesmo não oferecendo o que a criança solicita.  Por exemplo, o bebê chora a noite e não necessariamente precisa ser a mãe a levantar e dar o seio. Talvez o pai possa tentar algumas vezes à noite fazer com que ele volte a dormir”, comenta.

Ao assistir o programa, Amanda Nery, mãe de Bento, de oito meses, ficou muito decepcionada e decidiu  criar um abaixo-assinado para que o canal remova da sua programação o programa.  “O programa mostra que no fim consegue atingir o objetivo, que é a criança realmente começar a dormir em seu quarto, ou seja, resultado atingido com sucesso, mas e a criança? Ela dorme, mas não porque entendeu e sim porque desistiu e aceitou que o seu chamado não será atendido.” 

Ela  ressalta que a nossa cultura não tolera que as crianças e os bebês tenham comportamentos relativos a sua idade. “Criança é sempre é vista como se estivesse fazendo ‘birra’ e deve ser silenciada. Já  ouvi até o termo “manipulador’ direcionado para um bebê de 6 meses. Todo dia, temos que mostrar para a nova mãe que ela não está errada em seguir sua intuição em amparar e acalentar seu filho. E então surge esse programa com um alcance em larga escala, apresentando uma ‘fórmula mágica’ para um bebê adormecer. Imagino quantos pais e mães cansados serão atingidos por essa informação, sem ter a chance de saber que existe um outro caminho, da criação com apego e respeito, e a partir disso tomar suas decisões em sua família”. Clique aqui para assinar o abaixo-assinado.

OUTRO LADO

Procurada, a assessoria de imprensa do canal GNT informou que o objetivo do programa é “apresentar uma alternativa para famílias que sofrem com a rotina de sono dos seus filhos”. “No entanto, o canal esclarece que respeita todos os outros métodos de atuação existentes. O programa é baseado em uma linha de atuação chancelada por especialistas e por estudos na área da saúde do sono. Após pesquisar os hábitos das famílias que participam do programa, a consultora mostra na prática como fazer mudanças essenciais, mas deixa claro que cada família vai lidar com os problemas de formas diferentes”, ressalta o programa.

A especialista Marcia Horbacio, ainda segundo a assessoria,  trabalha como consultora de sono há 12 anos em Toronto, no Canadá, e é certificada como consultora de sono materno-infantil pela IMPI, International Maternity and Parenting Institute, na Califórnia, e parte do corpo docente daquela escola.  

 

Compartilhe!

13 Comentários

  1. Giovanna, esse assunto meche muito com meu emocional…
    Há 4 anos e meio quanto tive minha primeira filha, fiz exatamente como no programa – deixar chorar –
    Eu estava despreparada pois vim de uma gravidez não desejada e segui os conselhos dos que estava a minha volta.
    Hoje me dói o coração quando lembro que fiz isso com minha filha.
    A única forma dos bebês se comunicarem é pelo choro, hoje penso que ela pode ter passado sede, frio, medo e coisas do tipo.
    Agora tive a oportunidade de fazer diferente com meu caçula.
    Amei o post.

    • Paula, um abraço forte para você. Que mãe não erra, né? Eu erro quase todos os dias com meus filhos. Faz parte do nosso crescimento como mães. Hoje, faria muita coisa diferente do que fiz quando eles eram bebês também. É um processo longo de aprendizado, né? Um beijo carinhoso. Somos as melhores mães que podemos ser. Acredite sempre nisso.

  2. Para mim foi o melhor método. A criança aprende que precisa dormir e não adianta chantagem do choro. Cada família escolhe a melhor forma, eu sempre escolhi assim precisa ser feito e não adianta chorar. Claro que sempre com amor e carinho explicando para criança e segurar para não voltar atrás . Ficava de olho, mas não pegava e nem deixava sair. Hoje todos adultos nenhum trauma com isso.
    É importante a criança saber que existem regras, horários, elas crescem prontas para vida adulta onde não adianta chororô.

  3. Gennnnteeee ! Para o mundo !!! Eu achei essa abaixo assinado de uma “falta do que fazer ” absurda.
    1° – Sou mãe de primeira viagem, mas uma coisa sempre foi bem clara pra mim, PESSOAS (sejam adultas,crianças,bebês ) são diferentes uma das outras. O que pode funcionar perfeitamente para o filho da vizinha, pode ser horrível para minha filha e virce e versa.

    2° – A profissional do programa deu 3 opções para os PAIS, eles optaram pela terceira (deixar a criança chorar) .Eles julgaram que isso funcionaria melhor para a filha DELES.

    3° Acho que o programa veio pra ” agregar ” métodos, informações, questionamentos. Se vc n gostou, é só não usar com seu filho, pronto.

    Agora ir fazer abaixo assinado, para tirar o programa do ar… Menos, bem menos, por favor.

    • Concordo! A vida é assim: não gira ao nosso redor. Devemos ser pais que preparam os filhos pra vida. Se Deus não da o que queremos na hora que choramos, e sim no tempo que Ele acha que é o melhor pra nós e se for o melhor. Devemos ser assim com nossos filhos. Deus nos demonstra amor por nós o tempo todo, e mesmo assim passamos situações difíceis na vida, não somos poupado sempre. Devemos disciplinar sim, por rotina sim , e com muito amor e possível.

  4. Boa noite, não concordo com esse metodo de forma alguma. Meu filho acordava a noite toda para mamar, e eu prontamente o atendia, isso foi ate dois anos e meio que foi quando mudamos pela quarta vez de pediatra (devido as mudanças por conta de emprego) e essa Santa médica o diagnosticou com um refluxo fortissimo que só vinha até a garganta e voltava, ele não vomitava. Começamos o tratamento e com uma semana ele começou a dormir a noite toda. Agora imaginem se eu tivesse deixado ele chorar, ele chorava de dor, porque refluxo doi, refluxo queima, refluxo incomoda. E ele era um bebe, bebe não faz chantagem, e eu penso que se eu tive filho eu tenho que cuidar dele. Meu menino hoje tem sete anos e dorme no seu quarto desde sempre, eu é que me mudei para o quarto dele pois pensava que seria mais fácil eu sair do quarto dele do que tirar ele do meu. Enfim, não deixem seu filho chorar e investiguem sobre o refluxo sem vomito. Bjo a todas as mães que ficam com seus filhos no colo o dia todo, que beijam, abraçam, leem, dançam, cantam, e criam seus filhos com muito APEGO.

  5. Gente,

    Fazer abaixo assinado para tirar o programa do ar é falta do que fazer!
    Assiste e prática os métodos quem quer!
    E outra, eu não assisti um programa com criança menor de 1 ano e nenhum que retirasse o peito totalmente para dormir. A consultora sempre orienta 3 tipos de métodos e os pais escolhem o que acham que vai funcionar melhor.
    Minha filha tem quase 2 anos e tem acordado a cada 2 horas para mamar. Eu não vou usar nenhum dos métodos mas vou observar como tem sido a rotina dela e em cima dela montar um próprio método que me deixe confortável e a ensine a dormir a noite toda para que ela e eu descansemos.
    Entender as necessidades da criança e dos pais é fundamental nesse processo. Sou totalmente contra a técnica do chororô do bem e por isso não vou aplicar, mas não é por isso que acho que tem que tirar o programa do ar.

  6. Já assisti ao programa e ñ vejo nenhum problema na aplicação das técnicas, pois como já disseram a Marcia oferece 3 métodos diferenciados, dependendo da idade da cça. Tenho um filho com 5 meses, e nunca precisei recorrer ao método chororô do bem, pois segui as instruções do livro encantadora de bebês. Hoje meu filho tira as três sonecas previstas pelos estudiosos e está dormindo à noite das 21 horas da noite até as 7 da manhã (ofereço Uma mamada as 23h). Nenhuma orientação deve se soprepor a nossas condutas enquanto pais, mas wlas vem nos ajudar e facilitam muito o nosso dia a dia, e o mais importante sim é observar o comportamento de nossos filhos que nos dão todas as dicas. Ah e meu filho tem refluxo, vomita bastante o dia todo e nada disso impediu que eu construísse uma rotina para ele.

  7. Lamentável que deixem um programa como esse ir ao AR. É um impressionante a falta de empatia pelo próprio filho. Não vou nem entrar no mérito da técnica, que por si só já beira o absurdo. O pior são as mães que vem aqui defender o programa, isso mostra o tamanho do egoísmo do ser humano, sim egoísmo. Não quer dormir com seu filho? Não quer passar pelas dificuldades de fazer ele dormir? Não tenham filhos. Deixar a criança chorando por 50 minutos, prendendo ela dentro do quarto é o cúmulo do egoísmo e falta de empatia pelo próprio filho. A mensagem que vc está passando é: não adianta chorar, eu não vou te ajudar. Aí vem a outra ali dizer que “não é nada de mais deixar chorar”. Te faço a seguinte pergunta, se fosse vc no lugar do seu filho, vc ia gostar de ficar chorando no desespero? Ou ia querer o aconchego dos seus pais? Fica dica, não faça com seus filhos o que vc não gostaria que fizessem com vc. Mais amor e menos egoísmo por favor.

  8. Li o post por acaso e discordo da sua visão, nem por isso farei um abaixo assinado para retirar seu blog do ar, apenas não o lerei mais. Ninguém é obrigado a seguir método algum, porém abaixo assinado para tirar o programa do ar beira a tirania! Cada um tem direito à sua opinião e seu estilo parental próprio. Esse mesmo GNT tem programas de receitas de todos os tipos, imaginem se vegetarianos, como eu, lutassem para tirar todos os programas que fornecem receitas com proteína animal do ar porque ferem os seus princípios? Respeitem a liberdade alheia!!!

    • Cara Flavia, não sou eu que está fazendo o abaixo-assinado. São mães que não concordaram com o método. Concordo com você que cada um assiste e lê o que quer. Se tem algo que respeito, é liberdade. Obrigada pelo seu comentário.

Deixe aqui o seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.