Shoppings ganham lactários para mães fazerem ordenha ou doação de leite materno

0
Mãe faz ordenha para doação de leite materno no shopping (Foto: Divulgação)

Mãe faz ordenha para doação de leite materno no shopping (Foto: Divulgação)

Os bancos de leite humano vivem com estoques baixos e, um dos motivos, é a falta de informação e de facilidade para fazer a doação do leite materno. Agora, um projeto chamado Fadas do Leite quer expandir as opções de coleta e tem instalado em shoppings espaços para que as lactantes possam fazer a ordenha. A mulher pode ou fazer a ordenha para o consumo do próprio bebê ou deixar para doação.

Somente em maio, os shoppings Center Norte e o Vila Olímpia passaram a contar com essa novidade e a ideia é expandir ainda mais a iniciativa. Até o final do ano, a expectativa é ter 15 fraldários com lactários em shoppings. Os espaços são instalados nos fraldários dos centros de compras.

As doadoras têm que fazer um cadastro prévio no site do projeto e anexar os exames que são necessários para a doação pois assim é garantida a segurança do leite doado para bebês que estão internados nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). LEIA MAIS: A importância de doar leite materno

Além de poder doar seu leite nos espaços, as mulheres têm a oportunidade de usar esses espaços para fazer a ordenha para o próprio consumo, ou seja, isso facilita para as funcionárias que trabalham nos centros comerciais assim como as frequentadoras que utilizam esses espaços.

“Muitas vezes uma mulher pode trabalhar próximo ao shopping e no trabalho dela não conta com lactário, então, ela poderá usar esse espaço”, explica Simone de Carvalho, uma das idealizadoras do Fadas do Leite. No local, será possível deixar o leite no freezer ou geladeira e depois retirar, por exemplo,  no fim do expediente. Os vidros de leites serão etiquetados com o nome da lactante e o horário e dia da coleta.

O Fadas de Leite fez uma parceria com uma empresa de bombas de extração que oferece os equipamentos para serem usados pelas mães, além de freezer e um kit de extração com touca, máscara e potinho esterilizado – se for para a doação, é de vidro e, no caso de ordenha para uso próprio, o pote oferecido é de plástico.

As funcionárias do fraldário recebem treinamento para orientar as lactantes. Semanalmente, o Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros, centro de referência estadual em banco de leite, retira as doações diretamente dos fraldários.

Compartilhe!

Deixe aqui o seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.