Tem um sling parado? Doe e ajude as slingadas solidárias

7

 

Mães no Amparo Maternal participam de slingada solidária (Foto: Divulgação/Sampa Sling)

Muitas mães compram o sling e acabam não se adaptando a ele. Outras usam diariamente e, depois que o bebê cresce, o destino do acessório nos dois casos acaba sendo um só: guardado e parado no fundo do armário.

A consultora em carregadores de bebês, Rosangela Alves, da Sampa Sling, resolveu começar uma campanha para coletar esses slings sem encaminhados para serem usados por mulheres que não tem como arcar com um. Não importa a marca, modelo, enfim, qualquer sling em bom estado pode ser doado para que possa ajudar novas mães a carregar seus bebês mais pertinho do peito.

SAIBA MAIS: Tire suas dúvidas sobre os slings

Rosangela comenta que a cada dois meses faz uma slingada solidária no Amparo Maternal, uma organização não governamental que dá assistência e oferece abrigo  para gestantes e mães m situação de vulnerabilidade e risco social.

Ao todo, comenta, são 20 mulheres atendidas por evento, que no próximo dia 11 de maio completa a sua quarta edição. “Muitas dessas mulheres têm mais de um filho, precisa voltar a trabalhar logo pois normalmente trabalha no mercado informal, enfim, levamos para elas um facilitador de colo para que ela consiga dar conta dos outros filhos, da casa, do trabalho com o bebê por perto”, explica Rosangela.

Rosangela ensina mãe a usar o wrap sling (Foto: Divulgação/Sampa Sling)

Rosangela ensina mãe a usar o wrap sling (Foto: Divulgação/Sampa Sling)

Ela comenta que durante a slingada solidária todas saem com um sling e quando não consegue doações de 20 slings, Rosangela acaba fornecendo os que faltam para todas as novas mães.

Durante a slingada solidárias, as mães aprendem a usar o sling e os seus benefícios, entre eles, fortalecer os vínculos e atender mais prontamente as necessidades do bebê. Os interessados em doar podem procurar o espaço da Sampa Sling, em São Paulo (veja endereço abaixo) ou em qualquer slingada realizada pela marca, que acontecem, por exemplo, no Sesc.

Rosangela diz que em breve serão criados outros pontos de coleta para facilitar a doação em diferentes pontos da cidade, mas também é possível mandar o sling de outras cidades e Estados pelos Correios. “Já recebemos doação de diferentes Estados”, comenta.

Além do Sampa Sling, é possível doar nos seguintes pontos de coleta:

A Casita: Rua David Campista 180 – Via Léa, Santo André
Espaço nascente: Rua Grajau, 599 – Sumaré, São Paulo
Caza da Vila: R. Francisco Cruz, 426 – Vila Mariana, São Paulo
Casa do Brincar: Rua Ferreira de Araújo, 388 – Pinheiros, São Paulo
Casa Moara: Rua Guararapes, 634 – Brooklin Paulista, São Paulo
Parto sem medo: Rua Itamarati, 151 – Pacaembu, São Paulo

 

Compartilhe!

7 Comentários

  1. Amparo Maternal,gostaria de participar da Slingada solidária quero muito ganhar um sling , sou de Recife alguém pode me ajudar.

    Desde já grata.

Deixe aqui o seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.